Como cuidar de gatos

Como cuidar de gatos filhotes abandonados? Você já se perguntou a respeito desse assunto? Mesmo que você não tenha pretensão alguma no momento em cuidar de um felino, mas e se por acaso encontrar um filhote na rua, jogado, abandonado, precisando de cuidados especiais para sobreviver? Bem, nesse breve artigo você conhecerá noções básicas de como agir.

Antes, vale ressaltar que os filhotes dos gatos são muito sensíveis, não suportando condições extremas ou mesmo cuidados equivocados, portanto, caso se depare com essa situação mantenha a calma e tome cada atitude sem vacilar.

Interessou? Continue lendo o artigo e conheça os principais detalhes a respeito do tema proposto!

Caso tenha outros animais

 Esse é um cuidado que muito manuais ignoram, ou seja, caso tenha outros animais tome muito cuidado, pois algumas doenças podem ser transmissíveis e se o gato abandonado estiver infectado poderá passar o mesmo mal para os seus bichos de estimação, por isso, caso seja essa sua situação, faça o que tiver que fazer com o filhote nesse primeiro momento longe de sua casa.

 Observando o estado inicial do gato

 A primeira coisa que precisa ser feita para sabermos como cuidar de gatos filhotes abandonados é conhecer o estado inicial do bichano, ou seja, fazer uma primeira obervação para ver se encontramos pulgas, carrapatos ou qualquer outro agente nocivo que esteja literalmente a sugar ou prejudicar suas forças. Alguns acabam tendo contato com substâncias perigosas (tóxicas) que ficam impregnadas em seu pelo, prejudicando inclusive sua respiração. Identificando isso, retire os parasitas e limpe-o com água morna (não quente, apenas para quebrar o gelo). Saque-o bem e não esqueça de observar bem as orelhas!

Ida ao veterinário

 Sabemos que muitas vezes os gatos filhotes são encontrados por pessoas que não possuem recursos, mas esse ponto é fundamental para que você possa ter total certeza de introduzir o filhote de gato de vez no seu lar de forma segura para todos. Existem clínicas que cobram preços populares e além disso campanhas de arrecadação nas redes sociais funcionam muito bem para custear todos os procedimentos necessários.

É somente com a observação de um médico veterinário que muitas doenças ocultas poderão ser reveladas e tratadas precocemente. Verificando também o bom funcionamento de todos os órgãos do felino: estômago, fígado, etc.

O desmame 

Quando encontramos por acaso um filhote de gato abandonado, desprotegido e faminto, é comum que ele esteja sozinho, sem sua genitora e portanto sem o leite materno tão essencial nessa sua fase! Mas mesmo assim, não é aconselhável que oferte leite de vaca para ele, pois se ele tiver algum tipo de intolerância a lactose, poderá ter problemas sérios!

Nesse caso, aproveite a ida ao veterinário (descrita acima) e peça indicações a respeito das famosas papinhas de desmame. Mas o que é isso? Papinha de desmame nada mais é do que um composto industrial desenvolvido especialmente para suprir todas as necessidades nutricionais do filhote. Normalmente não são baratas, contudo, após a quarta semana de vida os filhotes já não vão mais precisar disso e poderão comer a ração normalmente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *